Tem silêncio que fala tudo

Por Cristyam Otaviano - setembro 15, 2018

Faz três dias e não há nenhuma mensagem se quer.

Eu alimentava a esperança de um dia ver todo o amor acontecer. De tanto ter fé, acabei por viver cego, para o fato de que o nosso para sempre teve um fim. Que você não estava pronto para a eternidade.

Teu silêncio faz eco no vazio que existe em mim. Enlouquecia. Era a chuva que estava por vim, a distancia que se provava entre nós. "Nós dois" que só existia em mim. Um amor que só eu vivi. Seres tão parecidos, feitos um para o outro, separados por um abismo. Querer estar perto de você é provar da ruína de mim mesmo.

E por muito tempo eu te quis. Mais que tudo. O tempo passou e todas certezas que tinha foram pendendo-se, e de tanto ser incerto, quem se perdeu fui eu. Perdido entre pontos finais. Textos inacabados. Presenças e gritos de um silêncio que você deixou.

O meu erro foi achar que você estaria pronto para a eternidade. Muitos amores não acontecem pois não estão prontos para a eternidade. No nosso caso, a eternidade será a do nunca. Vai, você é livre. Só vá, e não olhe para trás.


Pixabay

O silêncio é ausência. A solidão de um coração, que cansou de esperar por alguém. Teu silêncio foi o abandono de um amor que sobrevivia de você. O tempo me fez desistir de ti, de nós dois e no fim, do nosso amor. E era tudo o que eu tinha.

Tem silêncio que fala tudo. No meio da noite, você foi o silêncio da solidão, de uma cama vazia. O desespero de palavras que se quer eram ditas. Eco no vazio que havia em mim. Choro por coisas que eu se quer entendia. No frio de uma noite nublada, teu silêncio foi o "adeus" que eu nunca pude te dar.

  • Compartilhe:

Leia Também

0 comentários