Tente

Por Cristyam Otaviano - junho 02, 2018

Esse texto não tem nenhuma de intenção de ser algo perfeito ou tangenciar a perfeição sera somente algo feito, para não tentar ser algo perfeito.

Sou quem sou, isso foi tentativa de alguém anterior a mim. O homem errou porque um dia teve a decência de tentar algo, e por sorte que errou. Errar uma vez e humano, errar duas também. Erre quantas vezes for preciso para aprender. Seu primeiro suspiro foi uma tentativa de vida longe de alguém, e por sorte aprendemos.

Provou da vida e gostou, tanto que quis chegar na expectativa e quem sabe ir além. Muitos desistiram antes mesmo de nascermos, mas nos estamos aqui porque fomos até o fim.

Créditos: Cristyam Otaviano

Sabe porque deu errado? Porque um dia você tentou, e foi até onde podia, deu o melhor de si, cruzou a cidade, se fez leve, quis levar para sempre, mas tentou. Esse texto é cheio de equívocos, prova de mim. Mas quero a perfeição longe disso, pois não há aprendizado maior que o erro. Errar é sinônimo de aprender.

Não precisa ser perfeito, só precisa ser bom, não precisa ceder ao mínimo abalo. O amor verdadeiro é aquele que apesar das perturbações, permanece marcado. Se não deu certo, sorria! Você pode tentar, porém, uma vez que já conhece o caminho, saberá onde se encontram as dificuldades, ainda que seja tarde para arriscar de novo, agradeça por um dia ter tido a chance de poder tentar.

Dê o melhor de si, faça tudo até onde suas forças alcançarem. Daí então estará tudo por conta do destino. Você só precisa esperar, e tudo pode acontecer, inclusive nada. O que acontecerá? Você só saberá buscando a verdade, a explicação, o amor ou mesmo a si.

Não há nada vergonhoso em tentar, mas em desistir na primeira oportunidade. Vá mais uma vez, vá até o final, mas vá. Veja onde chegamos, estamos aqui porque escolhemos tentar, e mais uma vez e mais uma e mais uma.

Se desistimos da vida, toda vez que ela ficasse difícil a humanidade nem existiria.

Ainda que a vida te peças o último suspiro em troca dê uma segunda chance, dê a ela, seu último suspiro. Quem sete vezes cai, levanta oito. Será seu último suspiro, ainda bem que será, você chegou ao seu último suspiro. Quis provar mais uma vez o gosto de errar.

Tenta, vai até onde der, mas tenta. Você só precisa suportar ate o fim do dia, e ao final do dia, repita isso. Grandes descobertas foram frutos de grandes experimentos. Antes que abandone tudo, preciso que se de uma segunda chance. Você sabe melhor que ninguém quantas vezes precisou tentar e errar para chegar ate aqui.

Seja forte, ainda que não seja por você, mas seja por alguém e então seja lembrado, não porque desistiu quando pôde, mas  porque tentou até onde suportava.

  • Compartilhe:

Leia Também

0 comentários