8 de julho de 2017


Férias do coração

Tem épocas que não queremos nada, nada de namoro, nada de coisas mais sérias, nada de ficar, nada de nada, mas lá no fundo, a teimosia em tentar algo vence. Daí começa um crush aqui outro ali, uma saída com um, com outro. A curto-prazo faz bem, é gostoso, mas depois nós não queremos é nada com ninguém e pronto. Estamos solteiros mas isso não é nada que nos assombre ou tire nosso sono.


Sabe o que é isso?! É o coração pedindo ferias. Querendo ir por aí, ver a vida, sair em busca de algo que o faça pulsar mais forte ou mais devagar, ele só precisa esquecer quem é, para (re)descobrir sua essência.

Dê férias ao coração, ele cansa, se parte fácil se levado onde não quer ir, se bate pelo que não precisa bater, ele sente, e como sente. Leva ele para passar pela rua, tira ele de casa para conversar com outros corações por aí. Coração quer samba numa tarde de domingo.

Coração precisa de festa, ou mesmo uma valsa para fazer graça, que nem bailarina dentro do peito, qualquer coisa longe de pulsar por alguém e coração estará feliz. Quem sabe coração só queira sair a viajar, fazer cirandas nas estradas por aí. Brincar de pular pelas estrelas. E não se preocupe, coração de férias, não se apaixona.

Há mar, lava o coração com água salgada, até ele ficar cansado. Coração só precisa esquecer quem ele é, e só bater. Isso fará um bem danado a ele, se pudesse ele criava asas e ia em busca de algo maior que tudo que ele já viu. Sentir o desconhecido, vestir-se do avesso, perder a hora, essas coisas. 


Deixa ele ir, pelo tempo que for preciso, quem sabe coração é vagabundo e vive por vadiagem. Vá e leve o, leve, coração, faz ele escolher o próprio futuro. Deixa ele ir, e de a ele o tempo que for preciso. No fim das contas você saberá quando coração sente falta de ser ele, quando sentir falar de amar, e só amar, ate que chegará hora de novamente dar Férias ao Coração.

POSTS SUGERIDOS