26 de dezembro de 2016


Coisas que não devia, mas acabei esquecendo!

Cuidado com a burra!
Quem nunca esqueceu alguma coisa, que jurava que nunca esqueceria, vai entender bem como é doloroso e angustiante o papelão de esquecer as coisas. Olha a burra! Eu tenho muita historia de esquecimento mas acho que essas são as mais comuns e que todo mundo também passou um dia.

Representa bem o post

Nome das pessoas

Como é o nome dele mesmo? É Jonathan, João, Juscelino, John. Meu deus me ajuda, tá na ponta da língua! Eu dificilmente passo por isso, mas quem nunca hein, estava num lugar e foi abordado por alguém que você sabia que conhecia mas que não conseguia lembrar do nome. Acontece nas melhores famílias. E pra escapar do mico ou a gente vai e pergunta o nome, bancando a caquética de 90 anos, ou pergunta se ainda tem o mesmo numero de telefone e pede pra pessoa salvar porque ela tem nome difícil. Oi eu sou a Dory!

Trabalhos

A burra tava solta. Eu cheguei na faculdade e todo mundo falando que tinha enviado o slide pra professora e que não tinha achado tanta coisa pra falar e eu sem entender aquilo tudo perguntei:

- Gente, que slide é esses que vocês tão falando? 
- O seminário que a gente vai apresentar hoje, e que é sorteio, tu enviou teu slide não?

Seminário é pra hoje?
Produção, tá tudo certinho aqui no texto?! Juro pra vocês que eu simplesmente esqueci do trabalho, meu curso não conta muito com trabalhos desse tipo o que catalisou o esquecimento. Mas gente, fazendo umas dez cadeiras, como que não esquece?Eu fiquei sem crer que tinha esquecido, e na hora da apresentação sem saber de nada do meu Ânion (o tema) eu cheguei pra professora e falei que tinha esquecido o trabalho, na real oficial,e que não tinha feito nada, mas que queria apresentar, pra somar aos conhecimentos adquiridos ao longo da formação. E a burra tava solta de um jeito, que no meu dia de apresentar meu slide sumiu, e eu ainda tive que apresentar sem.

Celular / Fone / Dinheiro

Aquela hora que você vê que seu ônibus vai passar em 3 minutos e sai correndo que nem Usain Bolt na rua pra chegar na parada. Você até consegue pegar o ônibus, então se da conta de que aquela sensação de que achava estava esquecendo alguma coisa, é real. Você esqueceu o dinheiro da passagem. "Ei motorista abre aqui que eu vou descer!" e volta tudo pra pegar o abençoado dinheiro.

Eita carai, lái vem o ônibus!

Quando não, você esqueceu o fone de ouvido. E é obrigado a se divertir com as conversas alheias, os barulhos da cidade, o povo puxando assunto no ônibus falando do calor. Mas a coisa chega num estado critico de demência e leseira quando você esquece do celular, seja onde for, e fica se sentindo um ser primitivo, que não consegue falar com as pessoas, nem ligar pra ninguém. Um aborígene que pega ônibus e que tem trabalho. É um dia diferente dos demais.

Meu ultimo celular eu esqueci carregando na faculdade, e só me dei conta quando cheguei em casa.

Compromissos

A menos que você mantenha uma agenda, e não saia marcando tudo com todo mundo todo dia, isso vai acontecer com você. É, as vezes a gente tem provas, concursos, ou ENEM, pra fazer. E essas coisas dificilmente mudam de data. Uma vez eu marquei um super fim de semana, daqueles boca de confusão e só nas vésperas percebi que tinha concurso, uma prova criticamente importante, e que não daria pra eu ir. Quando não, nas vésperas, o pessoal me perguntando: Tu vai mesmo? Oi?! Ir pra onde?! E então aquele compromisso que eu nem lembrava, importantíssimo, que eu disse que ia. Veio a tona e eu tinha que arrumar tudo logística, roupa e horários. Isso tudo porque eu abandonei a minha agenda. 

Senha do cartão
Senhor a próxima tentativa bloqueia o cartão. 
Hãn, que foi?! A Nazaré?
Nem sempre as senhas dos seus cartões são iguais. Não esqueça disso. Eu tinha escolhido as compras e na hora de pagar quem disse que eu acertava a senha do cartão?! Eu uso pouquíssimo cartão de credito, por isso não faço questão de lembrar das senhas. Creio que todo ser humano já passou por isso um dia, se não, calma sua hora vai chegar! Só depois das mil tentativas, de bloquear o cartão eu lembrei da senha. Cuidado com a burra. Resumindo, tive que voltar no outro dia pra levar as coisas que eu tinha esquecido.

Na duvida, mantenha uma agenda, confira as coisas antes de sair de casa. E anote tudo, nome e numero de telefone das pessoas, inclusive as senhas dos cartões. 

POSTS SUGERIDOS