17 de maio de 2016


Motivos para assinar (ou não) Spotify


Como disse uns posts atrás, e algum devem saber, sou amante da música, e não consigo passar um dia se quer sem cantarolar ou mesmo assobiar uma melodia de alguma hit aleatório que me vem à cabeça. Pouco tempo atrás conheci o Spotify e hoje ele se tornou uma verdadeira paixão. Por isso trouxe um post listando motivos para assinar ou não Spotify.


Lançado no Brasil há pouco mais que dois anos, o Spotify, um serviço de streaming de música tem dado o que falar ultimamente, por ter ido além de um serviço comum on e offline, sendo considerado por alguns usuários como uma rede social de música, o que faz certo sentido, mas isso vou explicar mais lá na frente.

A última novidade da empresa, a versão Beta do app, traz benefícios para quem não possui é assinante Premium, o app permite que o usuário ouça qualquer música do acervo em qualquer lugar, com a restrição que ele esteja online. Mas diferente do usuário Premium a aplicação não permite o uso Off-Line de músicas. Sem muita lenga lenga, vamo logo ao que interessa.

Poupa bastante tempo

Quem nunca ficou horas a fio procurando um bom site para baixar músicas e quando finalmente achou o arquivo era fruto de uma conversão ordinária do clip do YouTube, ou para baixa a música você precisaria se cadastrar em infinitos sites. No Spotify essa dor de cabeça vai embora, para quem é Premium em dois cliques você já tem a música para escutar off-line. Esse é um dos motivos que mais gosto no serviço, a praticidade, já que mal paro em casa e não tenho todo tempo do mundo para procurar musica por música para baixar. E aquilo que dizem, que tempo é dinheiro, é verdade. Um dia vocês saberão.

Credito: Pixabay

Sem esquecer da qualidade do serviço, que é um ponto chave, boa parte do acervo é em qualidade extrema, te livra dos estresses de baixar empolgado a música e quando vai ouvi-la é uma versão acelerada do hit, com fim de passar despercebido pelo pente fino de pirataria dos sites.

Livre de vírus e malwares

Credito: Pixabay

Muitos amigos meus assinantes Premium, já manjaram de perder dados do celular, por visitar um desses sites de baixar música e receber de presente um .trojan. Isso fez com eles aderissem ao Spotify, já que o serviço é isento de vírus e malwares, isso vale pra todos usuários. Assim você pode performar Crazy in Love tranquilamente sem se preocupar com a moça do Avast te interrompendo para avisar que "Uma ameaça foi detectada".

Você fica atualizado das novidades


O serviço deixa a serventia do usuário, seja ele Premium ou não, uma playlist e mecanismos que mostram os hits do momento seja no Brasil ou no mundo, atualizados pelo pessoal da empresa com certa regularidade. Mas a playlist principal titulada como "Novidades da semana" onde se contam os lançamentos dos artistas, seja ele como for, traz os últimos hits em primeira mão. Dessa forma você não tem motivos pra dizer "ainda não ouvi" quando perguntarem se você já ouviu aquela parceria babado da Rihanna com o Calvin Harris, Confesso que muitas vezes nessa playlist fiquei por dentro de lançamentos e quando eles chegavam nas rádios eu já estava com ranço da música de tanto ouvi-la, o que é bem comum com o serviço.

É para todos os gostos

Lá no Spotify tem uma porrada de playlist., com músicas dos mais variados estilos ritmos e idiomas, tem aquele Hit do Alemão Cro, aquela do "opagangaistai" do Koreano, tem aquele louvor que sua mãe canta toda hora, aquele forro que sua irmã escuta e canta e que não para de tocar no rádio ou mesmo aquele Reggae que seu amigo sempre fala. O serviço é para todos os gostos e públicos, inclusive o infantil. O acervo deles é tão grande que no começo você acha que não tem aquela música legal pra deitar na grama e ler um livro ou pegar a Via Light num feriadão rumo a Cabo Frio num dia lindo de verão, mas o serviço facilita tudo e coloca as músicas parecidas em uma setlist. que é só colocar pra tocar e curtir a vibe sussa. Aos poucos você começa a entender o serviço e obtém facilmente aquele tipo que você quer.

Credito: Pixabay
Economia

Mas Cristyam R$14,99 é caro demais!!! Eu te provo que você economiza. Um CD numa loja custa em média uns R$29,90 e você gosta bastante de música, suponha que há pelo menos dois CDs novos nas prateleiras a cada dos meses. Fazendo as contas a cada quatro meses você gasta R$120,00 por quatro CDs enquanto você pode ter os quatro pagando pela metade do preço com o Spotify, e ainda ter acesso a mais conteúdos de outros artistas sem acréscimo no valor da assinatura, sem contar que você pode tê-los em vários dispositivos. Ah e ressaltando que você pode até comprar o CD mas dificilmente vai achar onde toca-lo aos poucos o CD, evolução do analógico para o digital, está ficando obsoleto na era da computação em nuvem.

Memória do celular

Credito: Pixabay

Esse caso é pontual e acontece somente com os dispositivos moveis. É o que mais me atormenta atualmente. Ser assinante permite uso do serviço em off-line, até aí tudo bem, mas a coisa se complica quando temos também um gosto por música ou somos snapchaters, e salvamos todos os closes que tiramos no aplicativo. O celular fica com aquele aviso de "Memória cheia", que deixa aqueles que gostam da barra de notificação limpa, como eu, louco do juízo. Mas o app usa um tipo de compactação de arquivo que otimiza a memória disponível colocando mais músicas possíveis em um menor espaço, o que não acontece com aquele .MP4 de alta qualidade.

Você pode salvar aquela privê sem graça

Credito: Pixabay

Quem é Premium e tem o celular lotado de playlists baixadas, pode ganhar uma capa e o título de Herói das Festas. Já tirei todo mundo do celular em uma festa na casa de um amigo com o simples fato de ligar meu celular no som e mandar a ver nas músicas. A fusão de uma variedade de músicas, playlists e um bom gosto musical com um toque de criatividade é certo para você ser o dono daquele "CD bacana" que tá tocando na festa do seu amigo.

Não tem Rouge nem Companhia do Calypso 


Como diz meu amigo Nickolas - inclusive um abarco, meu gostoso - isso é muito tupiniquim pra ter no Spotify, mas esse motivo deve-se ao fato de ou os artistas ou as gravadoras não disponibilizarem suas músicas no serviço. Não cabe ao Spotify possuir ou não determinado hit ou artista.  

Conteúdo exclusivo


O Spotify convida os artistas, para gravarem conteúdos exclusivos. São como shows acústicos, onde o artista canta seus sucessos e tal, a diferença é que só o Spotify possui esse conteúdo o chamado Spotify Sessions. Recentemente Olly Murs gravou o seu e a Demi Lovato gravou o seu, assim que lançou seu último CD. Isso também acontece do avesso, muito conteúdo alheio não tá no acervo do serviço, mas deve ser coisa parecida com o motivo anterior, ou questões de direitos autorais e exclusividade do conteúdo, como no caso do Spotify.


Tem algum motivo especial para ser usuário do Spotify, conta para a gente aqui nos comentários. Agradeço se não me deixarem no vácuo desde já. kkkkkkkk

Gostou do post? Compartilha para os seus amigos. Um xero, uma abraço e até o próximo post.



POSTS SUGERIDOS