21 de dezembro de 2013


Eu dediquei meu tempo a Joanne Rowling


A alguns anos, não recordo quando, eu comprei toda a coleção de livros da serie Harry Potter, antes eu já havia ganhado o quarto livro e me apaixonei pela serie. Na época estava entrando em cartaz o quinto filme da saga, A Ordem Da Fênix, junto a isso havia sido lançado, fazia pouco tempo, o ultimo livro da saga sétimo  . Lembro-me até hoje, a minha ansiedade pra que os livros chegassem. Devorei os quatro primeiros livros e parei, simplesmente parei de ler, não me recordo do motivo, mas lembro de que eu passei anos sem tocar em livros. Só depois, em uma leitura obrigatória da escola que eu me apaixonei novamente pela leitura, Robinson Crusoé era o livro. Lembro como hoje eu de frente a uma pequena TV no meu quarto com o Exterminador Do Futuro no mudo e eu lá vivendo junto a Robinson e Sexta-Feira...

Nesses dias, resolvi fugir um pouco dos clássicos e do realismo. Quero sair desse estilo, me aventurar por outros tipos de histórias. Eu passei um ano para ler o quinto livro da serie, A Ordem Da Fênix,  pasmem, um ano  praticamente uma pagina por dia.

Creio que um ano  ou mais  deve ter se passado desde o fim da leitura do quinto livro. E em fim eu dediquei meu tempo a Joanne Rowling, e valeu a pena.

Apesar de triste o quinto livro mostra algumas muitas nuances da rixa entre o Lord Das Trevas e o menino Harry. O Enigma do Príncipe não se trata de um livro com aventuras e sim de um livro cheio de curiosidades e mistérios.

O mundo bruxo está em um verdadeiro caos por conta da fuga de prisioneiros, Comensais da Morte, de Azkaban que estão tocando um verdadeiro terror e deixando o Ministério da Magia ébrio a procura de Voldemort e de seus seguidores. O menino Harry está em seu sexto ano em Hogwarts e sabe que tem um enorme desafio a frente, o de deter o Lord das Trevas e salvar o mundo bruxo.

Dumbledore, que por sinal já foi professor de Voldemort, prepara o garoto para a futura batalha que ele terá pela frente. Em aulas particulares em seu escritório Dumbledore explica a Harry as facetas que se escondem por trás da figura de Voldemort.

Numa certa noite o menino é chamado pelo diretor da escola, Dumbledore, para que o acompanhe em uma busca a Horcux de Voldemort. Ao retornam ao castelo, eles encontram uma situação difícil e um tanto embaraçosa, até mesmo para Dumbledore, um exímio bruxo.

POSTS SUGERIDOS