Perdão

Por Cristyam Otaviano - setembro 07, 2019

17:07

Essa é uma oração, para os tempos, para o futuro, pro amanhã, para quem puder me ouvir e possa me salvar. Um pedido de perdão a mim mesmo.

Tudo me parece confuso, eu me vi torto, o mesmo de antes, estaria eu ficando cego? Me sinto perdido, me perdendo nas minhas palavras, querendo algo que nem sei bem o que é. Vivo me perdendo dentro de mim.

O tempo não me deixa provar quem sou, me pego errando comigo mesmo, vivendo medos antigos e perdendo o controle das coisas, o controle é mera ilusão. Já perdi as contas das vezes que chorei nesse dia, tento lutar contra mim, só que sou forte e não posso comigo mesmo.

Me pego errando, e o maior dos perdões eu não consigo ter, o meu. Ainda não aprendi a me perdoar, só sei errar. De dentro pra fora preciso ser aquele que nem sei por que preciso, a gente insiste em querer mais do que precisa, e lá no fundo eu só quero ser, existir, estar e amar.

O problema de ser vazio é que a gente precisa saber lidar com os ecos, e eu falo demais, faço muito barulho, nem eu me suporto. Se o tempo parasse eu morreria, ele mede a mim e eu nunca me contentei em ser sempre o mesmo.

Eu vou sair sem cheiro, sem hora pra voltar, sem chave, sem proteção e sem medo, quem sabe a minha salvação apareça, quem sabe meio a cidade eu encontre minha redenção.

Ando me perdendo dentro de mim mesmo, sem saber quem sou, onde vim parar, sem saber muitas vezes pelo que lutar. Talvez seja assim mesmo, se refazer, não saber lidar com a espera do tempo, com a falta da gente na gente, com o vazio que ficou, com os ecos e com a possibilidade de errar e também se de dar o devido perdão.

  • Compartilhe:

Leia Também

0 comentários