3 de dezembro de 2016


Avenida Q - O Musical da Broadway

A internet é pornô sim e quem discordar vai ver Avenida Q.
Em uma segunda temporada, inclusive bem curta, o musical, Avenida Q, volta a Fortaleza, e dessa vez consegui assisti todo, o que não tinha acontecido quando esteve anteriormente na cidade, pois além de chegar atrasado eu tive que sair antes do fim por motivos de logística. O que não vem ao caso. Eu amei tanto os bonecos, o texto e as musicas, que decidi falar e recomendar para vocês.


Peludo e Politicamente Incorreto, Avenida Q, é uma adaptação do musical da Broadway escrito por Robert Lopez e Jeff Mar que estreou em 2013, mas a versão brasileira, dirigida por André Gress, é "Q" de Quinta mesmo. A história vai mostrar o cotidiano e o comportamento particular dos moradores da tal Avenida Q, dando um foco especial para a chegada Princeton (Fabio Gomes) um jovem recém formado que vai enfrentar a vida na cidade de Nova Iorque que se depara com a realidade da vida adulta e suas devidas responsabilidades, enquanto não encontra seu rumo na vida.


Apesar de contar com os bonecos o musical não é nem um pouco infantil. Acreditem, o tiozão da cadeira da frente tava bolando de rir. De forma engraçada, leve e um pouco critica, posso dizer. O espetáculo trata de assuntos como racismo, pornografia na Internet, homossexualidade, indecisão, briga entre amigos, amor e claro sem deixar de lado o sexo. Pense na baixaria (bom sentido) que rola no palco. Tudo isso sem fantasiar e nem fingir nada, tratando bem o real da vida adulta, enfrentada por muitos jovens, sem deixar de lado claro o humor, Yupeee!!

Ursinhos do mal. Nossa, que triste.
Os personagens trabalham os comportamentos mais variados, desde a Kate Monstro (Mariana Bravo), delicada amorosa e ciumenta (pisciana), passando pelo Gary Coleman (Jeff Peretira), o zelador alto astral que teve um futuro bem diferente da infância sendo astro da TV, até ao amigo sincero, porco e bagunceiro Nicky (Alan Ribeiro). Pornô!

Elenco durante os ensaios, de mais de 6 meses, para a primeira temporada
A trama trabalha em cima da falta de rumo, que muitos jovens se sente após estarem formados, o que sabemos que não acontece mesmo só nesse momento. O musical passeia por ambientes de Nova Iorque, desde o Empire State até o Bar de Lucy Devassa, e recomendo que se for pedir um drink, peça Uma Sombrinha do Capeta!. 

O elenco e eu, após o musical.
O elenco (LINK FICHA TÉCNICA) se garante de mais gente. Demais! Percebi isso na vez passada que assisti, coisa que se reafirmou agora também. E gente eles dão muito duro para fazer uma coisa bonita para todos, e vale super a pena prestigiar. A produção é das área, mas o elenco, parte é daqui parte é de outras cidades. Diabéisso?! 

E teve tietagem sim! Com direito a selfie e tudo mais.
Avenida Q fica em cartaz as Quinta Sexta Sábado e Domingo (1 a 4/12 e 8 a 11/12) as 20hrs e as 19hrs no Domingo na Caixa Cultural Fortaleza (LINK MAPS), ali perto do Dragão do Mar e a entrada custa R$ 20,00 Inteira e R$ 10,00 Meia. Quanto aos ingressos vale comprar antes, mas ainda na hora tinha ingressos para vender quando eu fui. E vale conferir a classificação indicativa do musical.

POSTS SUGERIDOS