15 de julho de 2016


XepaUrbana - Eu Fui!

Mermão esse foi um fim de semana daqueles viu. 

Vocês sabem que eu não dispenso um convite pra conhecer um lugar novo, pessoas novas e para experimentar coisas novas. Uau! Nesse Domingo (10) foi dia da XepaUrbana realizada  lá no TruckVille FoodPark (link do Maps) na Washington Soares que rolou nos dias 8, 9 e 10 de Julho, bem longe das Minhas Área confesso, mas valeu a pena o esforço.

Eu pouco conheci os food trucks em si, por conta do fator tempo porque já cheguei bastante tarde no evento, mas ainda assim aproveitei. Lá estavam reunidas varias marcas, da própria região inclusive, algumas novas no mercado como a Atta, marca da Bia, lançada a menos de dois meses e que já é Boca de Confusão e outras já com mais tempo na estrada como a Take a Sh*rt do Ruiter que acabou de lançar uma nova coleção de shorts bacanérrima.

A TruckVille em si é um ambiente muito aconchegante e ótimo pra quem quer experimentar ambientes diferentes, sem contar que o espaço é bem convidativo para reuniões de grupos de amigos, de família e coisas do gênero e as vezes conta até com musica ao vivo. Sem contar vira e mexe lá tem desde o Sushi até a pizza, então a Nazaré não pode mais da a desculpa que tá enjoada de arroz cru ou de frango catupiri.



Voltando ao que interessa. Lá na Xepa pude conhecer várias marcas e uma porrada de gente bacana. A maior parte dos produtos quem pensa, faz e vende é a própria galera, e essa era a intenção da Xepa incentivar a economia local e apioar moda autoral. A final é essa é a intenção de você criar seu próprio negocio né. Dhãr!

Já conhecia a TakeASh*rt, do Ruiter, que faz shorts e camisas, mas o pau que rola são os shorts. Ele bola a arte, corre atrás da confecção das peças e trabalha na divulgação da marca. Que eu já estou ansioso pela coleção nova, que fique claro desde já. Aí a foto com o short que eu comprei lá na Xepa. (Até que fim né Cris)


A Atta, da Bia, que a Tia, toda orgulhosa, fez questão de dizer que é arquiteta quase formada (né tia?!), traz acessórios tanto masculinos e femininos criados, feitos e divulgados pela própria arquiteta. Alguns acessórios são feitos em madeira, mas calma que a matéria prima é reflorestada, é madeira da boa. Segundo a Bia, por ser de madeira os brincos são bem leves e evita que a gata chegue em casa de orelha cansada por conta do brinco pesado.


A Kolon Urban Wear (site da marca), marca do Cleyton, faz camisas com umas estampas iradas. Ele é designer gráfico e é quem bola as estampas. As blusas da marca são cores neutras e dão certo com qualquer guarda roupa, então não tem mais porque sair com Uma bôta, uma saia, a camisa amarrada aqui e o cabelo solto de prancha.

A galera da Budeg Art vende uma porrada de coisa Geek e uns coisas bem diferentes para você presentear alguém que dá moh valor ao Sta Uó, a Hora da Aventura e alguns artigos de Lego, ou mesmo que gosta de um presente bem diferenre. Inclusive minha mãe mesmo já quis fazer a Elza no meu chaveiro.


E por ultimo umas das marcas que eu mais gostei foi a Twoeny. Eles fazem óculos artesanais a partir de madeira reflorestada, e mais bacana ainda, eles dão nomes de praia cearenses pros modelos. Iei. Tem o Cumbuco, o Jeri e o Dunas. É uma marca claramente cearense. Eles usam diferentes madeiras pra dar estilos diferentes aos óculos e garantem o produto todo por um ano.

Uma foto publicada por T W O E N Y (@twoeny) em

Certo Cris, tu foi na Xepa, fez tuas compras e aí!? Vai ter uma próxima? Nazaré vai sim o local e a data ainda não estão confirmados, mas caso eu fique sabendo de algo, conto pra vocês, mas desde já, então vai guardando o dinheiro pra próxima, e se for, já sabe né. Me chama que eu vou.

POSTS SUGERIDOS